> Início > Serviços > Medicina Nuclear

Medicina Nuclear

Genericamente, a medicina nuclear é uma especialidade utilizada simultaneamente no diagnóstico e na terapêutica.

A base fundamental da medicina nuclear é o radio fármaco – uma substância ativa que inclui um radionuclídeo que emite radiação. O radio fármaco que é administrado (oralmente ou por via intravenosa) no doente é então captado e retido pelas células e tecidos. A capacidade que o radio fármaco tem de localizar órgãos específicos e células recetoras permite-lhe fornecer informação sobre o processo da doença, baseado na função e anatomia celular. As emissões do radio fármaco são captadas por detetores externos, como a câmara gama ou o tomógrafo PET/CT, que têm a capacidade de criar imagens a partir dessa radiação.

No Centro Clínico Champalimaud temos por princípio a utilização de radio fármacos para disponibilizar o melhor serviço possível e rapidez de resposta em todas as áreas da medicina nuclear, seja de diagnóstico ou terapêutica. Aqui estão incluídos a medicina nuclear genérica, a tomografia computadorizada por emissão de fotão único, tomografia por emissão de positrões ou terapia com radionuclídeos.

A nossa equipa experiente está ativamente envolvida em investigação clínica e numerosos outros projetos que têm por objetivo melhorar a qualidade do diagnóstico e a medicina nuclear terapêutica.

A equipa de Medicina Nuclear:

Prof. Durval Costa

Dra. Carla Oliveira

Dra. Joana Castanheira

Dr. Ângelo Ferreira Silva

Dr. Paulo Ferreira (Física)

Dr. Rui Parafita (Física)

O Prof. Durval Costa, ex-Presidente do European Board of Nuclear Medicine, dirige o departamento de Medicina Nuclear do Centro Clínico Champalimaud.

Departamento de Medicina Nuclear acreditado pela European Union of Medical Specialists/Section and European Board of Nuclear Medicine

UEMS/EBNM 2014-2018