> Início > Oncologia > Unidade de Próstata

Unidade de Próstata

A vigilância ativa é, em muitos casos, a melhor opção para assegurar a qualidade de vida dos doentes diagnosticados com cancro da próstata.

A Unidade de Próstata do Centro Clínico Champalimaud está organizada numa equipa multidisciplinar que avalia personalizadamente cada doente e define o plano terapêutico mais adequado entre as múltiplas opções de tratamento apropriadas a cada situação clínica.

Esta equipa de especialistas em cancro da próstata inclui urologistas, oncologistas médicos, radioterapeutas, radiologistas, especialistas em medicina nuclear, patologistas, geneticistas, nutricionistas, enfermeiros, psico-oncologistas e especialistas em cuidados paliativos que abordam a complexidade da doença nos seus diversos estádios de forma a oferecer conselho, diagnóstico, tratamento e reabilitação adequados.

O cancro da próstata é o tumor maligno mais frequente e a terceira causa de morte por cancro no homem. Em Portugal estimam-se 5000 novos doentes e 1880 mortes por ano. Este tumor tem frequentemente um crescimento indolente, não comprometendo a vida ou a qualidade de vida dos doentes. Contudo, as suas formas mais agressivas podem manifestar um crescimento rápido com invasão de órgãos adjacentes e disseminação para os gânglios linfáticos e ossos.

O programa de avaliação de risco e diagnóstico precoce do cancro da próstata do Centro Clínico Champalimaud procura diagnosticar precocemente os tumores agressivos numa fase inicial, quando os tratamentos com intuito curativo têm maior probabilidade de sucesso, melhorando a qualidade de vida e reduzindo a mortalidade dos doentes.

O diagnóstico precoce da doença possibilita a identificação de tumores indolentes com baixo risco de progressão, aparentemente destituídos de importância clínica. Para estes, o Centro Clínico Champalimaud tem um programa de vigilância ativa em que os doentes podem escolher serem inicialmente submetidos a vigilância e apenas tratados com intuito curativo se o tumor revelar sinais de agressividade. Dependendo do tamanho e risco de progressão do tumor, a decisão poderá recair sobre um acompanhamento regular sem qualquer intervenção terapêutica, nomeadamente cirúrgica, ou pelo desencadear imediato de um programa de tratamento multidisciplinar.

A nossa equipa de especialistas está assim empenhada no melhor aconselhamento e na adequada vigilância dos doentes, procurando as soluções mais adequadas para cada caso concreto.

A equipa da Unidade de Próstata e Vias Urinárias do Centro Clínico Champalimaud também trata os tumores do rim e da bexiga.

Fonte: Informação sobre a incidência e mortalidade por cancro em Portugal, “Globocan 2008”, International Agency for Research on Cancer, World Health Organization.

A equipa da Unidade de Próstata:

Dr. Jorge Fonseca (Urologia)

Dr. Miguel Almeida (Urologia)

Dr. Nuno Vau (Oncologia médica)

Dr. Jaime Santos (Oncologia médica)

Dr. Jorge Rebola (Urologia)

Dr. Rui Lúcio (Urologia)

Prof. Carlo Greco (Radioterapia)

Dr. Nuno Pimentel (Radioterapia)

Dr. Luís Rosa (Radiologia)

Dra. Inês Santiago (Radiologia)

Prof. Durval Costa (Medicina nuclear)

Dra. Carla Oliveira (Medicina nuclear)

Prof. António Lopez Beltran (Patologia)

Doutora Luzia Travado (Psico-oncologia)

Prof. Sérgio Castedo (Genética)

Colaboração:

Prof. Renaud Bollens (Urologia), consultor em Laparoscopia, Catholic University of Lille (Hopital St. Philibert)

O Dr. Jorge Fonseca é médico especialista em urologia e dedica-se essencialmente ao estudo e tratamento do cancro de próstata, rins e vias urinárias.