> Início > Neuropsiquiatria

Neuropsiquiatria

A Unidade de Neuropsiquiatria apresenta-se como uma interface entre o Centro Clínico e o Programa de Neurociências. É uma estrutura clínica de excelência no diagnóstico e tratamento em saúde mental e comportamental, focando-se em áreas particulares de intervenção que estão em continuidade com a investigação em neurociências desenvolvida na Fundação Champalimaud. É constituída por médicos e outros profissionais clínicos que trabalham também no Programa de Neurociências, assim como por investigadores dedicados a aprofundar o conhecimento sobre perturbações neuropsiquiátricas e em particular nesta fase dedica-se ao seguimento de doentes do espectro da Perturbação Obsessivo-Compulsiva. Este conceito integra diversas perturbações do comportamento que têm como característica fundamental a perda do controlo sobre o pensamento e as ações. 

A equipa multidisciplinar que assegura o seguimento clínico destes doentes é constituída por médicos da área de psiquiatria e saúde mental e neuropsicólogos, que trabalham em colaboração estreita com especialistas de medicina nuclear, neurorradiologistas e enfermeiros. Esta equipa assegura um elevado grau de precisão no diagnóstico, assim como uma rigorosa orientação terapêutica, de acordo com normas internacionais. Por outro lado, a unidade tem vindo a estabelecer colaborações próximas com outros centros internacionais que se dedicam a desenvolver novas abordagens para o tratamento destas perturbações. Desta forma, a doentes que sejam resistentes aos tratamentos convencionais, poderá vir a ser oferecido acesso a abordagens terapêuticas inovadoras, ainda em fase experimental.

O corpo clínico da Unidade, em conjunto como os seus colaboradores e investigadores, dedica-se ainda à investigação científica e clínica no âmbito das perturbações do espectro da POC. Estes projetos de investigação, desenvolvidos também no contexto das atividades clínicas da Unidade, destinam-se principalmente a permitir uma melhor caracterização diagnóstica e neurobiológica destas perturbações, assim como ao estudo de novas alternativas terapêuticas, farmacológicas ou de neuroestimulação.

O contacto próximo entre atividades clínicas e de investigação potencia a excelência nos serviços prestados aos doentes seguidos na Unidade, podendo ainda permitir avanços significativos no conhecimento destas perturbações.

A equipa de Neuropsiquiatria:

Doutor Albino J. Oliveira-Maia (Neuropsiquiatria)

Prof. J. Bernardo Barahona Corrêa (Neuropsiquiatria)

Dr. Joaquim Alves da Silva (Neuropsiquiatria)

Prof. Durval Costa (Medicina nuclear)

Dra. Joana Ruivo (Neurorradiologia)

Dra. Marta Camacho Gonçalves (Neuropsicologia)

Dra. Ana Catarina Castro (Neurociências)

Doutora Ana Barbosa Fernandes (Neurociências)

Doutor Vitor Paixão (Neurociências)

Dr. Pedro Castro Rodrigues (Neurociências)

O Doutor Albino Oliveira-Maia dirige a Unidade de Neuropsiquiatria do Centro Clínico Champalimaud e desenvolve investigação nesta área em estreita colaboração com a equipa de cientistas do Programa Champalimaud de Neurociências.